A CONSULTORIA DE IMAGEM



A FILOSOFIA
Tenho uma abordagem diferente com uma filosofia caracterizada pelo respeito e dignidade, baseada no positivismo e não na perpetuação da negatividade que nos rodeia. 
Acredito que não temos que disfarçar, minimizar ou esconder o corpo que temos só porque a sociedade diz que assim tem que ser. Somos todas diferentes!
Estou mais interessada numa abordagem holística onde as clientes terão os conselhos de imagem e estilo que procuram e no final as ferramentas adequadas para disfrutar o melhor da sua imagem pessoal.
Apesar de ser especializada/expert no sector plus size, os serviços estão disponíveis a todas as pessoas independentemente do género, forma, cor, tamanho, etc. e todas serão bem-vindos.

Precisam de ajuda com os looks e não sabem como resolver o assunto?
Terei todo o prazer em ajudar pois adoro ajudar outras mulheres (curvies, plus sizes, petites, etc.) a sentirem-se fabulosas como eu me sinto. É só enviarem-me um e-mail ou procurarem-me numa qualquer rede social que terei todo o gosto em ajudar, fazendo o meu melhor para que no final o resultado seja o desejado.

O QUE É A CONSULTORIA DE IMAGEM?
Para uma melhor consciencialização do meu conceito deixo-vos uma definição do que é para mim a consultoria de imagem: consiste num processo onde uma pessoa, com ajuda de um profissional reconhecido, identifica e desenvolve o seu estilo, desenvolvendo um guarda-roupa adequado e melhorando a sua imagem pessoal.

A DIFERENCIAÇÃO
Sem vergonha! Sem ódios ao corpo! Trabalho para que os meus clientes aceitem o seu corpo tal como é e sem querer fazer alterações fisionómicas. Dignidade, respeito e colaboração são os pilares da minha forma de trabalhar.
Defendo uma abordagem que respeite o estilo pessoal de cada um e a partir deste se faça uma adaptação e uma atualização do mesmo.
O meu método consiste numa avaliação profunda do cliente, feita presencialmente ou via internet, num processo constituída por várias etapas, todavia, estas podem ser separadas e apenas um dos serviços contratados.

Sem comentários: